Pastoral Familiar

Logomarca Pastoral Familiar
Comissão Nacional da Pastoral Familiar
Nossa missão é a evangelização e a promoção humana e social das Famílias

CNPF (Comissão Nacional da Pastoral Familiar ) tem por finalidades promover, articular e congregar o desenvolvimento da Pastoral Familiar em todo o Brasil.
Vinculada a CNBB (Comissão Episcopal para a Vida e a Família), é composta pelos bispos e casais representantes da Pastoral Familiar nos 17 Regionais da CNBB e dos representantes nacionais dos principais Movimentos, Institutos e Serviços familiares, além do Bispo responsável e assessor nacional da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB.

COMISSÃO EPISCOPAL PASTORAL PARA A VIDA E A FAMÍLIA

A Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família CEPVF é um dos serviços da (CNBB), sediada em Brasília/DF. Ela é a responsável pela organização e estrutura da Pastoral Familiar no Brasil.

Atribuições
Promover e defender a vida em todas as suas etapas e dimensões e os valores da pessoa, do matrimônio e da família.
Nossa missão é a evangelização e a promoção integral da pessoa e da família.

Estrutura

Coordenada por três Bispos, sendo um o seu presidente, e com dois assessores nacionais, esta Comissão acompanha, subsidia e articula toda a estrutura abaixo:

Comissão Nacional da Pastoral Familiar – CNPF
Secretaria Executiva Nacional da Pastoral Familiar – SECREN
Instituto Nacional da Família e da Pastoral Familiar – INAPAF
Equipes do Núcleo de Reflexão e Apoio – NURAP

  • EPOFAM – Equipe de Políticas Familiares;
  • EBIO – Equipe de Bioética;
  • ECOM – Equipe de Comunicação;
  • ECES – Equipe de Casos Especiais.

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

1 Comment

  1. Boa tarde, meu nome é ALceu Neto sou da cidade de Itumbiara e faço parte da Pastoral Familiar em nossa Paróquia.
    Nossa Pastoral realizou no mes de março, Troca de experiencias conjugais, com casais consagrados e de 2 uniao.
    Nossa pastoral e nova, existe a pouco tempo.
    E depois de encontro estamos convidando os casais para se enganjarem nas pastorais, e nos agora temos uma dúvida.
    Casais de 2° união podem participar da Pastoral Familiar?

    Post a Reply

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.