Arcebispo de Florença, presidente do Conselho Pontifício para a Família

Cardeal Ennio Antonelli

CIDADE DO VATICANO, domingo, 8 de junho de 2008 (ZENIT.org).- Bento XVI nomeou o arcebispo de Florença, cardeal Ennio Antonelli, presidente do Conselho Pontifício para a Família, segundo anunciou esse sábado a Sala de Informação da Santa Sé.

Ele substitui o cardeal colombiano Alfonso López Trujillo, falecido em 19 de abril.

O cardeal Antonelli nasceu em Todi (Itália) há 71 anos. Licenciado em letras clássicas, foi professor de literatura e arte em escolas superiores. Foi assistente eclesiástico da Associação Italiana de Professores Católicos, do Movimento de Professores da Ação Católica na Itália e do Grupo de Licenciados da Ação Católica.

Antes de ser arcebispo de Florença, foi pastor das dioceses de Gubbio e Perugia e secretário-geral da Conferência Episcopal Italiana. Em 2003, João Paulo o criou cardeal.

Em declarações à Rádio Vaticano, o purpurado reconheceu a grande responsabilidade que o Papa lhe confiou, «pela importância decisiva que a família tem para a Igreja e para a sociedade civil».

«A família hoje é uma realidade sumamente apreciada como ideal, inclusive pelos jovens na Europa, segundo vi em recentes estudos. Mas, ao mesmo tempo, como todos nos damos conta, está gravemente ameaçada e em crise».
«Portanto, sinto uma grande responsabilidade, e me encomendo à benevolência do Santo Padre, mas sobretudo à graça do Senhor, para poder desempenhar bem este serviço à família e à Igreja».

O Conselho Pontifício para a Família foi instituído por João Paulo II com o «motu próprio» «Familia a Deo Instituta» em 1981, substituindo o Comitê para a Família, criado por Paulo VI em 1973.

Ao Conselho corresponde a promoção da pastoral e do apostolado no campo familiar, mediante a aplicação dos ensinamentos e orientações do Magistério eclesiástico para ajudar as famílias cristãs a cumprir sua missão educativa e apostólica.

Também promove e coordena os esforços pastorais relacionados com o problema da procriação responsável e anima, sustenta e coordena as iniciativas em defesa da vida humana em todos os estágios de sua existência, desde a concepção até a morte natural.

A partir de 1994, Ano da Família, o dicastério vaticano é responsável da organização dos Encontros Mundiais das Famílias: Roma (1994); Rio de Janeiro (1997); Roma (2000); Manila 2003; Valência (2006). Atualmente, prepara o encontro da Cidade do México que acontecerá em janeiro próximo (www.wmf2009.com).

ZP08060803 – 08-06-2008
Permalink: http://www.zenit.org/article-18674?l=portuguese
 

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.