Dia dos Namorados: 6 testes para uma verdadeira prova de amor

Na série sobre o namoro, a proposta é o fortalecimento dessa experiência na vida que deve ter sempre como o horizonte a preparação para o matrimônio, por meio do conhecimento, do crescimento e, na sequência, da decisão. Mas é comum encontrar situações em que são exigidas “provas de amor”, nem sempre prudentes para o momento do namoro.

A Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) recorre ao livro “Aos jovens com afeto” para propor um teste com seis passos para uma verdadeira prova de amor. A dinâmica é uma adaptação do texto de Walter Trobisch “Casei-me com você” e está no livro que aborda temas ligados à vida, à sexualidade, aos desafios e à atualidade dos jovens.

  1. Teste da Coparticipação
    o amor verdadeiro quer compartilhar, ofertar, expandir-se, torna os namorados capazes de estar juntos na participação de uma atividade construtiva.
  2. Teste da força
    O amor verdadeiro fornece energia e forças para ser criativo e realizar coisas novas. Torna os namorados dipositos a enfrentar desafios: trabalhar mais, estudar mais, ajudar mais.
  3. Teste do respeito
    O amor verdadeiro desperta em cada um o sentimento de admiração pelas qualidades e atitudes do outro e provoca consideração recíproca.
  4. Teste do hábito
    O amor verdadeiro faz cada um aceitar os hábitos e defeitos do outro, porque dificilmente eles se modificam. Corrigir os próprios maus hábitos é iniciativa de quem ama.
  5. Teste da discussão
    O amor verdadeiro inclui a capacidade de reconciliação depois de uma briga, depois de ouvir um não. Os namorados devem viver a experiência de ceder quando as opiniões são diferentes e de perdorar-se mutuamente.
  6. Teste do tempo
    O amor verdadeiro resiste a situações inesperadas. Os namorados devem saber enfrentar não só os dias de folga e os divertimentos, mas também a rotina cotidiana, o trabalho, os estudos, o desconforto e alguma situação de perigo.

Autor: Pastoral Familiar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.