Dia Internacional da Família é celebrado hoje

familia2014A data foi celebrada pela primeira vez em 1994, instituída pela Organização das Nações Unidas (ONU), durante Assembleia Geral. O dia 15 de maio trata-se de uma comemoração internacional. No Brasil, Dia da Família, celebra-se em 08 de dezembro. Esse ano, a ONU propõe temas de reflexão como “A verdadeira felicidade está na própria casa, entre as alegrias da família”, “Paz e harmonia: eis a verdadeira riqueza de uma família”, “A verdadeira família é aquela unida pelo espírito e não pelo sangue”.

João Paulo II

Em carta às famílias publicada no mesmo ano, São João Paulo II, reconheceu a iniciativa da ONU em propor a data como sendo uma celebração internacional, respondendo, assim, ao apelo e inspiração da Constituição Conciliar Gaudium et Spes. O papa disse que a Igreja assumiria, também, a celebração em seu calendário.

“Uma nação verdadeiramente soberana e espiritualmente forte é sempre composta por famílias fortes, cientes da sua vocação e da sua missão na história”, disse São João Paulo II, por ocasião do Ano Internacional da Família.

São João Paulo II

São João Paulo II

Criação

No dia 15 de Maio de 1994 a ONU (Organização das Nações Unidas) celebrou o ano internacional da família, através do tema “Família, Capacidades e Responsabilidades num Mundo em Transformação”. A partir daí essa data ficou internacionalmente conhecida como o Dia da Família.

Entre os objetivos do Dia Internacional da Família estão a necessidade de divulgar a importância da família na sociedade; sublinhar o caráter basilar da família na educação das crianças; passar mensagens de amor, respeito e união, elementos essenciais para o relacionamento de todos os componentes da família; alertar a sociedade para os direitos e responsabilidades das famílias e sensibilizar os cidadãos para as questões sociais, econômicas e demográficas que afetam a família.

Confira a mensagem da Comissão Nacional da Pastoral Familiar:

Dia Internacional da Família – 2015

“A família é uma realidade tão importante, essencial que mesmo a ONU, uma instituição laica, reconhece a sua importância, o seu valor e a necessidade da mesma ser valorizada e protegida. Ainda mais nó, cristãos e agentes da Pastoral Familiar, que sabemos que a origem da família está em Deus devemos aproveitar este dia para reconhecermos e fazermos reconhecer a importância, o valor e a necessidade de cuidarmos das famílias. Deus é o autor da família ao criar o homem e a mulher e uni-los para construírem uma sociedade de vida e amor. Por isto neste dia rezemos pelas famílias: a nossa família, a família de nossos vizinhos, as famílias do mundo inteiro. Lembremos as famílias que sofrem devido a enfermidades, miséria, fome, perseguição. Lembremos as famílias que residem em locais de guerras e terras afetadas pelo terrorismo, pela intolerância religiosa, pelos terremotos e enchentes. Coloquemos nas mãos do Senhor da vida as necessidades de cada família em sua realidade. Hoje é um dia de agradecermos a Deus por esta dádiva que é a família e fazermos algo pelas famílias: defender a vida, valorizar os pais, educar os filhos, oferecer a Deus uma prece de agradecimento e de súplica”

Salmo 127

– Feliz és tu, se temes o Senhor e trilhas seus caminhos!

– Do trabalho de tuas mãos hás de viver, serás feliz, tudo irá bem!

– A tua esposa é uma videira bem fecunda no coração da tua casa;

os teus filhos são rebentos de oliveira ao redor de tua mesa.

– Será assim abençoado todo homem que teme o Senhor.

O Senhor te abençoe de Sião, cada dia de tua vida,

– para que vejas prosperar Jerusalém, e os filhos dos teus filhos.

Ó Senhor, que venha a paz a Israel, que venha a paz ao vosso povo!

Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF)

 

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.