Dom Ricardo Hoepers é o novo presidente da Comissão Vida e Família


Dom Ricardo Hoepers

“Pela promoção e defesa da vida e da família, eu digo sim!”, foi o que disse Dom Ricardo Hoepers ao acatar a decisão dos bispos reunidos em assembleia nesta quinta-feira, 08 de maio, para assumir a presidência da Comissão Episcopal Pastoral Para a Vida e a Família da CNBB. Dom Ricardo foi eleito com a maioria absoluta dos votos. O bispo já tem mantido uma constante presença junto à Comissão e também na Comissão Nacional da Pastoral Familiar demonstrando seu forte comprometimento com a defesa da vida e dos valores da família.

Dom Ricardo estará presente na 11ª Peregrinação e 9º Simpósio Nacional da Família apresentando o tema central: “Em Família, defendemos a Vida!”. Será uma oportunidade para toda a família manifestar o seu apoio e sua oração pelo mandato dos próximos quatro anos.

O novo presidente foi o representante da CNBB no ano passado na audiência pública que debateu a descriminalização do aborto no Supremo Tribunal Federal. Na ocasião, o bispo pode defender a inviolabilidade da vida humana e apresentar um relato contundente sobre as razões pelas quais a Igreja é contra a descriminalização.

Dom Ricardo é idealizador do Observatório de Bioética, uma iniciativa do Regional Sul 3 da CNBB; iniciativa pioneira e única no país que pretende realizar um mapeamento da vulnerabilidade humana no Rio Grande do Sul. Ele é autor do livro “Teologia Moral no Brasil: um perfil histórico” e seu lema episcopal é “Escolhe, pois a vida”.

Agradecimento

O Presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Dom João Bosco Barbosa de Sousa agradece todo o apoio manifestado durante a sua gestão e roga a bênção de Deus para a nova presidência.

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.