Eleitos novos coordenadores da Comissão Nacional da Pastoral Familiar

Comissão Nacional da Pastoral FamiliarO casal Roque Rhoden e Verônica Melz, do regional Oeste 2, assume a coordenação nacional da Pastoral Familiar, e Marivone e Volnei Exterkoetter, do regional Sul 4, foram reeleitos vice-coordenadores, para o quadriênio 2014-2017. A eleição ocorreu durante a 38º Assembleia Ordinária da Pastoral Familiar, realizada entre os dias 28 e 30 de março, em Brasília.

O bispo de Camaçari (BA) e presidente da Comissão Episcopal para a Vida e a Família da CNBB, dom João Carlos Petrini, disse esperar que “a Pastoral Familiar continue essa caminhada de crescimento e presença capilar em todas as dioceses”. Segundo dom Petrini, “a pastoral tem levado às regiões mais afastadas do Brasil a luz de Cristo sobre a família”.

De acordo com o assessor da Comissão Episcopal para a Vida e a Família e secretário executivo da Pastoral Familiar, padre Rafael Fornasier, a coordenação nacional eleita tem bastante trabalho pela frente. O assessor explica que a Comissão está em sintonia com os preparativos do Sínodo Extraordinário sobre a Família. “Estamos em sintonia com a Igreja na busca de caminhos abertos e novos para o serviço a família no Brasil por meio das atividades da Pastoral Familiar”, disse padre Rafael.

Na foto, os membros da Comissão Vida e Família e da Comissão Nacional da Pastoral Familiar: Roque e Verônica (coordenadores), Marivone e Volnei (vice-coordenadores), dom João Carlos Petrini (presidente), dom Antônio Augusto (membro), padre Rafael Fornasier (assessor) e dom Marcos Piatek (membro).

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.