Lançado o Mutirão de Comunicação da América Latina e Caribe

Um grande ato marcou a abertura do Mutirão de Comunicação-América Latina e Caribe, na noite desta segunda-feira, 14, na Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUC-RS), em Porto Alegre. Organizado pelo Regional Sul 3 da CNBB e pela arquidiocese de Porto Alegre, o Mutirão, que será realizado de 12 a 17 de julho do próximo ano, foi declarado oficialmente aberto pelo arcebispo de Porto Alegre, dom Dadeus Grings.

“O Mutirão de Comunicação da América Latina e Caribe se coloca na mesma linha da Conferência de Aparecida que é a integração dos povos latinos para a construção da Pátria Grande”, disse o secretário geral da CNBB, dom Dimas Lara Barbosa Já o presidente da Comissão Episcopal para a Cultura, Educação e Comunicação da CNBB, dom Orani João Tempesta, disse que a cultura solidária, tem do Mutirão, “nasce quando se dá voz ao povo”.

A governadora do Estado, Yeda Crusius, também participou do lançamento do Mutirão, ao lado do prefeito da cidade, José Fogaça. “Rio Grande do Sul é uma cultura de experiência da diversidade”, afirmou. “As fronteiras hoje são a porta de integração de todo o Cone Sul”, disse referindo-se ao caráter latino-americano do encontro, lembrando os países com que o Rio Grande do Sul faz fronteira.

O prefeito, por sua vez, anunciou que já deliberou ao secretário de turismo a formar um Comitê Gestor para ajudar a organização e realização do Mutirão que pretende reunir 3 mil pessoas. “A comunicação é essencial para a cidadania. Sem a comunicação, a cidade é apenas um aglomerado de gente”, disse.

Durante o ato de lançamento, houve várias apresentações artísticas ressaltando a variedade cultural dos países da América Latina e Caribe. Também estiveram presentes ao evento desta segunda, o presidente do Regional Sul 3, dom José Mário Stroeher;  o vice-presidente da Organização Católica Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (OCLACC), padre Atílio Hartman, e o senador Pedro Simon.

O Mutirão é promovido pelo Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM), pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Organização Católica Latino-Americana e Caribenha de Comunicação (OCLACC), Organização Católica Internacional do Cinema (OCIC), Rede Católica de Rádio (RCR), União Cristã Brasileira de Comunicação (UCBC) e União de Radiodifusão Católica (UNDA-BR).

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.