Namorados partilham experiência de unidade e oração nos relacionamentos

A live desta terça-feira, 7 de abril, na página da Pastoral Familiar, teve a participação de dois casais de namorados da diocese de Dourados (MS) que partilharam com dom Ricardo Hoepers a experiência do namoro cristão e a força das paixões. O momento de oração e formação Hora da Família também foi oportunidade para divulgação do novo curso online voltado para acompanhamento personalizado de noivos.

Direto de Rio Grande (RS), o presidente da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Ricardo Hoepers, entrevistou os casais de namorados Carlos Henrique Júnior e Luana e Miguel e Larissa, que partilharam sobre suas histórias, o início dos relacionamentos, a convivência com as famílias, a prática da oração e o controle das paixões no contexto da castidade.

Dom Ricardo resgatou um trecho do livro que tem sido a base das reflexões das lives Hora da Família: “Amigos da Família”, de autoria do arcebispo de Aparecida (SP), dom Orlando Brandes. Na publicação, dom Orlando fala sobre o que é o namoro cristão, o qual consiste em colocar Cristo na vida e no coração. “Milhares de jovens conseguem assim ter um namoro cristão. No amor dos namorados, está o amor de Deus, pois um procura a felicidade do outro e o desejo do outro leva ao grande outro que é o próprio Deus”.

Os casais

Júnior e Luana conheceram-se no grupo de oração que participavam, em Dourados. Juntos há dois anos e cinco meses, já caminham para a celebração do sacramento do matrimônio, marcado para o próximo mês de outubro. O início do relacionamento foi precedido pela oração e uma rosa de Santa Teresinha entregue por Luana a Júnior, que fazia uma novena para encontrar uma namorada. Já Luana comungava pedindo um esposo e também pedia pela família dele.

Após o início do relacionamento, deram início à direção espiritual com uma religiosa que atuava na cidade durante nove meses. “Foi uma gestação do nosso namoro para que ele se tornasse maduro suficiente e a gente descobriu que a nossa função aqui na terra é eu levar a Luana para o céu e a Luana me levar para o céu, através da oração, das missas, sempre juntos em união e oração”, contou Júnior.

Larissa é sul-mato-grossense e conheceu seu namorado na Suíça, durante uma experiência de formação do Movimento dos Focolares. Miguel é mexicano e fez uma surpresa para ela no dia do aniversário dela, entregando-a uma dobradura em formato de tulipa. Antes do relacionamento, Larissa fazia uma oração a Deus e depois, adaptou a oração para rezar junto com o Miguel. A intenção dela é “viver o relacionamento como uma forma de testemunhar o amor de Deus”.

Miguel e Larissa

Castidade e controle das paixões

Ao falarem da vivência da castidade e do controle das paixões, os casais partilharam o desafio que é viver o namoro sem se entregar aos impulsos. Diálogo, compreensão e oração são as principais armas que utilizam nessa luta.

“A gente procura bastante, é um desafio, mas para mim, desde pequena tenho o desejo de viver um namoro assim. Sempre tivemos esse diálogo aberto. É uma busca contínua, não é sempre um sucesso, às vezes a gente tem nossas falhas, mas sempre tem esse desejo no coração”, partilhou Larissa.

Como mensagem aos namorados de todo o Brasil, os jovens ressaltaram unidade, oração, decisão de amar e o desejo de ser santo. Dom Ricardo manifestou-se contente a partir das reflexões dos casais:

“Unidade e oração no namoro. Isso é um conteúdo belíssimo que os casais da Pastoral Familiar podem trabalhar nos encontros: como a unidade com Deus, a unidade de coração, unidade de alma, unidade com os pais… e se não tiver essa unidade, o casal fica egoísta. E a oração que dá um impulso para as coisas acontecerem, que dá o impulso para o amor acontecer, a oração é a força que dá essa propulsão que o caminho de Deus está sendo realizado”.

“Tomar decisão, decidir por ter essa vida de fé, de amor verdadeiro… E o caminho de santidade é o que o Papa Francisco vem nos pedindo na exortação Gaudete et Exultate: ‘A busca por santidade não está só nas grandes histórias do passado, mas também está nos nossos dias, nas nossas dificuldades’”.  

Dom Ricardo Hoepers

Publicado por Pastoral Familiar_CNBB em Terça-feira, 7 de abril de 2020

Curso para acompanhamento de noivos

Dom Ricardo anunciou em primeira mão a oportunidade para os casais da Pastoral Familiar de todo o Brasil aprofundarem-se no acompanhamento personalizados de noivos. A partir do dia 29 de abril, será oferecido um curso na modalidade de Educação a distância.

“Aqueles casais que serão formadores, que vão trabalhar os encontros personalizados para os noivos que se preparam para receber o sacramento do matrimônio terão esse curso que será oferecido pela Comissão Vida e Família e pela Pastoral Familiar, através da Secretaria Nacional da Pastoral Familiar. Olha que oportunidade para os casais: vai ser uma formação para o Brasil todo, então nós vamos falar a mesma linguagem”, motivou dom Ricardo.

A formação é baseada no novo Itinerário Vivencial de Acompanhamento Personalizado para o Sacramento do Matrimônio preparado pela Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF), material que tem por objetivo ajudar a Igreja do Brasil a desencadear um processo formativo baseado na Sagrada Escritura e na Doutrina Católica do Casamento, tanto para dos desejosos de contrair Matrimônio como para quem os acompanha. Serão dez encontros de cerca de uma hora que vão auxiliar os casais responsáveis pela formação nos regionais e dioceses de todo o Brasil.

Autor: Pastoral Familiar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.