Regional Sul 2 participa de live sobre Itinerário Vivencial para o Matrimônio

A Comissão Nacional da Pastoral Familiar (CNPF) transmitiu, no sábado, 11 de julho, uma live a partir do encontro com membros da Pastoral Familiar do Regional Sul 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Na ocasião, houve apresentação da proposta de itinerário vivencial de acompanhamento personalizado para o Sacramento do Matrimônio.

O assessor da Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família da CNBB e secretário executivo da CNPF, padre Crispim Guimarães, conduziu a programação, apresentando a proposta oferecida pela Pastoral Familiar para todo o Brasil de uma nova dinâmica na preparação daqueles que pretendem se unir em matrimônio.

Tal proposta está organizada no livro do itinerário, que pode ser adquirido na loja da Pastoral Familiar. Há também um curso específico para os casais que desejam se preparar para fazer o acompanhamento dos nubentes.

Acompanhado do bispo de Campo Mourão (PR) e membro da Comissão para a Vida e a Família da CNBB, dom Bruno Elizeu Versari, padre Crispim contou da inspiração e das provocações que fizeram com que o itinerário fosse construído na diocese de Dourados (MS) e o processo que o levou até a oferta pela Pastoral Familiar em âmbito nacional.

O novo itinerário vivencial tem uma perspectiva de acordo com a proposta da Igreja de “itinerário catecumenal” também utilizado na preparação para outros sacramentos. Padre Crispim e dom Bruno reforçaram que esta nova dinâmica supera a ideia de cursos rápidos que nem sempre preparam adequadamente os nubentes para a vida matrimonial, para além da celebração do matrimônio.

Nesta nova metodologia, são vários encontros durante alguns meses com um casal que acompanha os nubentes de forma personalizada com propostas de oração em casal, leitura orante da Palavra e dinâmicas de conhecimento mútuo.

Ao final da live, dom Bruno agradeceu pelo material oferecido a partir da experiência do padre Crispim e motivou sua utilização:

“Se alguém pegar esse material, certamente vai fazer uma experiência muito profunda junto com os casais. Digo para os casais que estão acompanhando: organizem uma experiência com quatro ou cinco casais em suas comunidades, lembrando que é uma experiência que está vinculada à iniciação à vida cristã, é um processo que vai longe”.

Dom Bruno Elizeu Versari

Adquira o seu livro do Itinerário Vivencial

Faça sua inscrição no curso de preparação para o acompanhamento personalizado

Veja também:


Autor: Pastoral Familiar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.