Semana Nacional da Família: “Toda família tem necessidade de Deus”, reflete dom Francisco

familia_2014Nesta reflexão, o bispo de Guarabira (PB), dom Francisco de Assis Dantas de Lucena, fala sobre a vocação da família, fazendo referência ao mês vocacional celebrado pela Igreja. O bispo também recorda a Semana Nacional da Família que tem início neste domingo, 10 de agosto, nas paróquias e comunidades de todo o país. Dom Francisco diz que toda família tem necessidade de Deus. “Necessidade da Sua ajuda, da Sua força, da Sua bênção, da Sua misericórdia, do Seu perdão. E requer simplicidade. Quando a família reza unida, o vínculo torna-se mais forte. A vocação da família é estar a serviço do amor e da vida”.

Confira a íntegra da reflexão:

A vocação da Família

O mês de agosto se volta especialmente para as vocações. Um acento importante é a vocação da família. Esta é querida e criada por Deus. Uma instituição que tem sido atacada por organizações internacionais, legislações ideológicas, campanhas contrárias à família em tantos âmbitos da sociedade, propaganda sistemática na mídia desfavorável aos valores positivos e essenciais da família humana. Neste tempo difícil, é muito importante valorizar a família, dar opiniões e manifestar convicções para o futuro da humanidade.

Nesta ocasião em que se propaga uma cultura do provisório, do relativo, do não comprometimento, do apenas ‘curtir’, o Papa Francisco nos tem dito que Deus chama para escolhas definitivas. Deus tem um projeto para cada um. Descobri-lo e responder à própria vocação é caminhar para a própria realização. A todos Deus chama à santidade, a viver a sua vida feliz. Alguns são chamados a se santificar constituindo uma família através do sacramento do Matrimônio. A família é célula que nasce do amor de um homem e de uma mulher, em caráter indissolúvel, aberto à vida, promovendo a dignidade da pessoa humana, o sacramento do matrimônio e a inviolabilidade da vida e da família.

O Documento de Aparecida nos fala da importância de valorizar a família e de defender seus direitos neste tempo de tantas mudanças. A família não é mera instituição natural; antes, faz parte do projeto Criador (cf. Gn 1,27), de modo que “pertence à natureza humana que o homem e a mulher busquem um no outro sua reciprocidade e complementariedade” (nº 116). É na família que a pessoa “descobre os motivos e o caminho para pertencer à família de Deus” (nº 118). A família nunca cairá de moda. Onde existem o amor e a fidelidade, nasce e perdura a verdadeira liberdade.

A cada ano, a Igreja Católica no Brasil celebra a sua Semana Nacional da Família, começando com a comemoração do Dia dos Pais, no segundo domingo de agosto, estendendo-se por toda a semana; este ano, do dia 10 a 16, quando somos convidados a refletir sobre o tema: “A espiritualidade cristã na família: um casamento que dá certo”, que propõe a prática espiritual do casal e em família. A Diocese de Guarabira encerrará essa semana com um Encontrão Diocesano da Família, no domingo, dia 17. Participe!

Toda família tem necessidade de Deus. Necessidade da Sua ajuda, da Sua força, da Sua bênção, da Sua misericórdia, do Seu perdão. E requer simplicidade. Quando a família reza unida, o vínculo torna-se mais forte. A vocação da família é estar a serviço do amor e da vida.

Que a Sagrada Família, Jesus, Maria e José, proteja as nossas famílias e que seus direitos sejam respeitados para o próprio bem do futuro da humanidade.

Artigo originalmente publicado no site da CNBB.

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.