Sociedade está em crise porque a família está em crise, diz bispo

Da Redação

Robson Siqueira

”A matriz de toda as vocações – vocações maduras para o matrimônio, vocações para a vida religiosa e para o sacerdócio – é a família”

“A sociedade está em crise, porque a família está em crise”, disse o novo Arcebispo de Belém (PA), Dom Alberto Taveira Corrêa, em uma coletiva concedida na manhã deste sábado, 16, na sede da Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP).

                                                                                                                                
De acordo com o bispo, a família não é apenas “um meio” de se ter responsabilidade social, ela é a matriz de tudo. “Quando você restaura a familia, está restaurando a sociedade. Quando você tem uma família que se abre à vida, com mais filhos, você está construindo um futuro seguro para a própria familia, para as outras famílias e para a sociedade. É uma reação positiva em cadeia”.

O bispo que veio dar uma palestra no Acampamento para as Famílias, destacou a representatividade da família da Dra Zilda Arns. “O fato dessa família ser tão rica de vocações, de serviço à Igreja, é uma missão para todos nós no Brasil. A matriz de toda as vocações – vocações maduras para o matrimônio, vocações para a vida religiosa e para o sacerdócio – é a família”, enfatizou Dom Alberto.

Segundo ele, todas as famílias podem vivenciar esta realidade, o segredo é “cuidar da educação religiosa dos filhos”. “A familia que deixa um legado de ‘presente’ à Igreja e à sociedade é uma lição para que muitas outras famílias descubram que por aqui está a realização do que uma família deve ser: um chamado de Deus, sacramento do matrimônio, testemunho, evangelização, a serviço da caridade”, disse.

Refletindo sobre o exemplo deixado por Zilda Arns, Dom Alberto recordou sobre a enorme quantidade de crianças que foram salvas da desnutrição por causa do trabalho desenvolvido por ela, o que a tornou um “ícone de vida”. “A Dra Zilda, com sua vida, mostrou o valor da vida, da paternidade e da maternidade, o valor das crianças e, portanto, é um ícone de vida, de Igreja e de amor ao próximo, em nosso país e no mundo”.

Fonte: Canção Nova
 

 

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.