Dom Sérgio da Rocha é eleito novo presidente da CNBB

Dom Sergio da Rocha / Assembléia geral CNBB

Dom Sergio da Rocha 

O arcebispo de Brasília (DF), dom Sérgio da Rocha, foi eleito na manhã desta segunda-feira, 20, como presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O novo presidente foi escolhido ainda no primeiro escrutínio, após receber 215 votos, superando assim os 196 que corresponderam aos dois terços necessários para a eleição.

Dom Sérgio tem como lema episcopal “Omnia in Caritate” – “Tudo na caridade”

Vida e missão

O arcebispo de Brasília e novo presidente da CNBB nasceu em Dobrada, no estado de São Paulo, em 1959 e foi ordenado presbítero na Matriz do Senhor Bom Jesus de Matão (SP) em 1984.

Foi nomeado bispo pelo papa João Paulo II em 2001, como auxiliar de Fortaleza (CE) e sua ordenação episcopal foi realizada em agosto do mesmo ano, na Catedral de São Carlos (SP), pelos bispos ordenantes dom José Antônio Aparecido Tosi Marques, dom Joviano de Lima Júnior e dom Bruno Gamberini.

Em janeiro de 2007 o papa Bento XVI o nomeou como arcebispo coadjutor da arquidiocese de Teresina (PI). Também pelo papa Bento XVI, em 2011, foi nomeado para arcebispo metropolitano de Brasília.

Dom Sérgio estudou Filosofia no Seminário de São Carlos (SP) e Teologia na Pontifícia Universidade de Campinas (SP). O arcebispo é mestre em Teologia Moral pela Pontifícia Faculdade de Teologia Nossa Senhora da Assunção (SP) e doutor pela Academia Alfonsiana da Pontifícia Universidade Lateranense, em Roma.

Saiba mais

Nascido no município de Dobrada (SP), no dia de Santo Inácio de Antioquia (17 de outubro), dom Sergio é filho de Seu Rubens da Rocha (falecido em 2000) e Dona Aparecida Veronezi da Rocha, que lhe ensinaram os primeiros passos na fé católica. Ele descobriu a vocação sacerdotal logo cedo, aos oito anos, mas somente aos dezoito deu o primeiro passo para entrar no seminário.

Brasília recebeu dom Sergio como arcebispo metropolitano em 6 de agosto de 2011. A nomeação foi feita por Bento XVI, em 15 de junho do mesmo ano. Na missa de posse, realizada na Catedral Nossa Senhora Aparecida, dom Sergio sublinhou a necessidade de construir uma Igreja missionária:

“Queridos irmão e irmãs, vivemos um tempo privilegiado, especial de renovação missionária da Igreja animada pelo espírito de Deus, motivada especialmente pelo santo padre, pela Conferência de Aparecida, pelas novas Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil (DGAE). Nós queremos ser igreja missionária conforme afirma o Documento de Aparecida: ‘Não podemos ficar tranquilos à espera passiva em nossos templos, mas é urgente ir a todas as direções, necessitamos sair ao encontro das pessoas’, nas comunidades, para lhes comunicar e compartilhar o dom do encontro com Jesus. O mandato de Jesus missionário continua a ecoar e se renova na vida desta Igreja de Brasília'”

Com o auxílio de quatro bispos auxiliares, as principais atividades de dom Sergio em quase quatro anos à frente da Arquidiocese Brasília foram:

– Visitas pastorais missionárias em cada um dos 15 setores territoriais da Igreja local

– Elaboração do Diretório Pastoral dos Sacramentos

– Reconhecimento pelo Ministério da Educação da Faculdade de Teologia da Arquidiocese (Fateo)

– Implantação da Pastoral do Povo de Rua

– Realização da V Assembleia Arquidiocesana de Pastoral, que elaborou o Plano Arquidiocesano de Pastoral, inspirado nas Diretrizes para a Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil da CNBB.

Acesse aqui o currículo e a biografia completa de dom Sergio.

 

 

Com informações da CNBB e arquidiocese de Brasília. 

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.