Sínodo dos Bispos sobre a Família é abordado na Assembleia Geral da CNBB

padre_rafael_na_AGA Comissão Episcopal Pastoral para a Vida e a Família está presente na 52ª Assembleia Geral da CNBB que prossegue até o próximo dia 09 de maio. Durante atividades do plenário, os bispos tomaram conhecimento dos preparativos para a  3ª Assembleia Extraordinária do Sínodo dos Bispos sobre a Família que acontecerá de 5 a 19 de outubro de 2014, no Vaticano, cujo tema será “Os desafios pastorais da família no contexto da evangelização”. Nos dias 3 e 4 de maio, o arcebispo de Chieti-Vasto, na Itália e secretário geral do Sínodo sobre a Família, dom Bruno Forte, ministrou conferência aos bispos, em retiro de oração.

Membros da Comissão Vida e Família da CNBB apresentaram síntese da participação das dioceses do Brasil, que responderam a um questionário enviado pelo papa sobre questões relacionadas à vida em família. Diversas dioceses de todo o mundo também estiveram inseridas nesta etapa de preparação do Sínodo.  
 
Contribuições da família
O assessor nacional da Comissão Episcopal Pastoral para Vida e Família da CNBB e secretário executivo da Comissão Nacional da Pastoral Familiar, padre Rafael Fornasier, colaborou na preparação do resumo enviado ao Vaticano. “A síntese do material que enviamos à Roma, também foi apresentada na Assembleia. Na sequência, os bispos reuniram-se em grupos para então refletirem sobre algumas questões do Sínodo”.
 
De acordo com o assessor, existe expectativa em relação ao 3ª Assembleia Extraordinária, mas a Igreja tem agido com prudência neste caminho de preparação ao Sínodo. “A própria postura da Igreja é de não tirar conclusões muito rápido, como tem orientado o papa Francisco, e em não ficar apenas em avaliação de casuística, mas buscar debater a raiz de cada desafio apresentado”, explica padre Rafael.
A Igreja no Brasil participou da pesquisa, com significativa representatividade das dioceses. Este trabalho contou com colaboração da Pastoral Familiar, movimentos e serviços familiares, outras pastorais, e trabalho conjunto entre membros do clero e leigos. 

Autor: PastoralFamiliar

Compartilhar esta matéria no

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.